Product ID: 2907
Product SKU: 2907
New In stock />
Dinheiro Cai do Ceu - Rhudy Ribeiro
Ambiente Seguro Ambiente Seguro
Loja Protegida

Dinheiro Cai do Ceu - Rhudy Ribeiro

Carregando...
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Havia em um certo lugar uma Vila de casas pequenas em que morava uma família muito simples, certa vez, passando por muitas dificuldades a mãe se desesperou e colocou uma cadeira no meio da sala, colocou a filha pequena sentada nessa cadeira, o pai de um lado, e o irmãozinho enfrente a menina, todos se ajoelharam, e, a mãe começou a orar. No meio da oração ela dizia: “que sua filhinha Rosalinda precisava de sapatinhos, que eles estavam passando por tantas provações que sua filha Rosalinda não tinha nem sequer um sapatinho”, foi quando de repente do nada começou a cair dinheiro do teto da casa sobre eles, foi uma surpresa tão grande, e que marcou tanto aquele momento, que todos os meses naquele mesmo dia, naquela mesma hora, ela colocava a cadeira no centro da sala, eles se ajoelhavam, e a mãe orava, e faziam o mesmo pedido levantando um clamor a Deus, e a cena se repetiu caindo dinheiro do teto da sala. Os anos se passaram, e esta cena se repetiu ao longo do tempo, as crianças cresceram, aquele menino estudou, e com seus conhecimentos começou aplicar aquele dinheiro, que até então seu pai cuidava, e, se tornaram muito ricos.  Certo dia o rapaz chegando em casa, notou que havia uma multidão de pessoas na rua em que morava, enfrente a vila de casas. Havia um incêndio, a casa vizinha, que era geminada, havia queimado toda, e os bombeiros tentavam sem êxito apagar o fogo. Foi quando eles notaram do lado deles o senhor da casa vizinha que chorava muito, se lamentava desesperadamente por ter durante todos aqueles anos guardado o dinheiro que ele recebia de seus alugueis no forro da casa. Foi quando a  família cristã, começou a perceber o que acontecia. Morava no forro da casa uma família de esquilos, e, todo mês naquela hora, o vizinho avarento guardava o dinheiro no forro, e o esquilo incomodado jogava tudo por um buraco do teto, e, o dinheiro caia sobre a família que orava naquele instante. Era mesmo a mão de Deus atuando. Disse então o rapaz para o vizinho: “Acalme-se, porque toda vez que o senhor colocava o dinheiro no forro o dinheiro caia em nossa casa, e nós, aceitando como um milagre de Deus, guardamos e aplicamos esse dinheiro, e hoje somos ricos o suficiente para lhe dar de volta a metade de tudo que ganhamos”

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características



    Cadastre-se em nossa newsletter